Estranhópolis

Na última sexta-feira, a banda inglesa Keane lançou seu novo disco: Strangeland. O disco é de grande importância porque o Keane nunca tinha ficado tanto tempo “em hiato”. Foram quatro anos desde o Perfect Simmetry, de 2008. Esperava-se um grande trabalho. E é.

Não se consegue escolher uma música preferida dentre as doze faixas do Strangeland. Mas sabe-se que os singles foram bem escolhidos. Antes mesmo do lançamento, Silenced By The Night e Disconnected se tornaram singles em março e abril, respectivamente. Ainda espero que On The Road siga o exemplo delas, num futuro próximo.

Há muito tempo, na época do lançamento do Hopes And Fears, muitos fãs do Coldplay acusaram o Keane de “plágio estilístico”. Mesmo sendo uma acusação totalmente sem fundamento, o Keane vem mostrando que cresce independentemente das comparações. Algumas pessoas, envolvidas neste mesmo blog, costumam dizer que o Keane causa depressão. Vide e verás.

Não é um álbum pra se deixar de escutar. Tom Chaplin, Richard Hughes, Tim Rice-Oxley e Jesse Quin estão de parabéns. Veja um pouco do meu single “preferido”, Disconnected:

Advertisements

2 responses to “Estranhópolis

  1. Keane não deixa de ser depressivo e exclusivo para momentos de baixo astral. Eu espero mesmo que “On The Road”, a melhor e mais animada música do álbum, seja single. Esse álbum tá de parabéns, hein?

  2. Pingback: [Lançamento] Black Rain – Keane « Quartel Pimenta·

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s