A misteriosa Eleanor Rigby

A lápide de Eleanor RigbyTida como uma das melhores canções da carreira do Fab Four, Eleanor Rigby foi composta por Paul enquanto tocava piano, o que normalmente era o pontapé inicial para qualquer música escrita por McCartney. A “mulher que recolhe arroz na igreja depois dos casamentos” não foi batizada como Eleanor Rigby logo de cara. O primeiro nome da moça seria Miss Daisy Hawkins, aparentemente só por encaixar na melodia antes desenvolvida por Sir James Paul.

Paul continuou trabalhando na música, mas ainda desconfortável com o nome da protagonista, por não achá-lo “real”. O ex-beatle sempre afirmou que a sua inspiração inicial para o nome Eleanor vinha de Eleanor Bron, a atriz principal de Help!. O compositor Lionel Bart, no entanto, afirma que a ideia surgiu no cemitério Putney Vale, em Londres. Paul, segundo ele, viu que o nome Eleanor, inscrito em uma lápide, encaixaria perfeitamente em sua nova canção. O sobrenome da moça apareceu em Brystol, Inglaterra, numa visita à atriz Jane Asher, em 1966 (ano de lançamento da música e de seu álbum, Revolver). Na rua onde a atriz estava, Paul passou pela Rigby & Evans Ltd. Era o sobrenome de duas sílabas que procurava.

Mas o mistério não se concentra em nenhuma dessas partes.  A música se encerra com o velório de Eleanor, conduzida por Father McKenzie, que fica ao lado do caixão no triste fim da senhora.

Passados 14 anos do lançamento da música, foi encontrada no cemitério St Petter’s, localizado a menos de um metro de onde John e Paul se conheceram no festival de verão de 1957, dando o passo incial pro que seriam os Beatles, a lápide de uma Eleanor Rigby, morta em 1939, quando nenhum dos quatro havia nascido ainda. Está claro que Paul não sabia disso, mas a hipótese de que ele tenha visto a lápide em sua adolescência e guardado a imagem no subconsciente não está descartada. Por mais uma coincidência, a empresa Rigby & Evans Ltd, que inspirou Paul em 1966, foi fundada por Frank Rigby, conterrâneo de Liverpool dos quatro integrantes da banda.

Eleanor Rigby, como single, chegou ao topo das paradas inglesas, mas só atingiu o 11º lugar nos EUA.

Fonte: The Beatles – A História Por Trás de Todas as Canções , de Steve Turner.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s